Quarta-feira, 13 de Outubro de 2010

coruja-das-torres (1)

Como o filme que fui ver ontem fala sobre este tipo de animais hoje decidi fazer um post sobre a coruja-das-torres. Já agora aconselho toda a gente a ver o filme “Lenda dos Guardiões”, é realmente um filme muito fixe e além destas corujas tem uma cobra que voa, com a qual eu me deixei rir imenso.

 

 

A coruja-das-torres (Tyto alba) é uma coruja da família dos titonídeos, também conhecida pelos nomes de coruja-da-igreja, coruja-branca, coruja-católica e rasga-mortalha. Habitam em diversos lugares do mundo, em geral, em todos os continentes exceto a Antártica, gostam de lugares abertos e de climas que variam de temperados aos tropicais.

 

Descrição

 

Mede cerca de 25-45 cm de comprimento, com uma envergadura de cerca de 75-110 centímetros. A forma da cauda é uma maneira de distinguir a coruja-das-torres de verdade quando vista em voo, como os movimentos são oscilantes e abrir das pernas balançando as penas. O rosto com a sua forma peculiar e os olhos negros dâo à ave voando uma aparência estranha e surpreendente, a crista de penas acima do bico se assemelha a um nariz.[1]

Seu peso varia de 250 a 700 g., as fêmeas são geralmente 25% maiores que os machos, podem viver até 10 anos em ambiente selvagem, a Coruja-das-torres mais velha conhecida vivia em cativeiro na Inglaterra e ja havia completado 25 anos quando deixou de por ovos. É uma ave de médio porte, com cores castanho-claro e manchas pretas nas costas e parte de trás da cabeça, além de pequenas e finas manchas pretas ou marrom escuras espalhadas por todo o corpo exceto na parte interna das asas (parte "de baixo"). Seu peito, e toda parte inferior do corpo, tal como a área interna das asas são de cor branca, podendo também apresentar-se na cor branco-acinzentado ou branco amarelado. A plumagem é suave e densa, com delicadas extremidades nas asas para abafar o som produzido pelas mesmas ao se moverem. As asas são redondas nas bordas e tem curvatura bastante suave, medem em média 107 cm em membros adultos. As linhas lacrimais seguem dos olhos até o bico. Bico tem forma de gancho para dilacerar carne. O pescoço tem área de "giro" de 270° para compensar o fato de seus olhos serem imóveis, elas costumam balançar a cabeça da esquerda para a direita quando estão curiosas ou analisando o ambiente, pois assim elas aumentam a área que visualizam e podem visualizar as imagens tridimensionalmente. A cauda é utilizada como estabilizador durante o bote. As pernas longas e poderosas amortecem o impacto das aterrisagens e estão cobertas de penas brancas até o tarso, onde geralmente não há abundância de penas. Os ouvidos assimétricos permitem localizar as presas no escuro pois sua capacidade auditiva lhe permite diferenciar o tempo que o som chega em cada ouvido, os grandes discos faciaias atuam como uma antena nesse complexo sistema auditivo, recolhendo sons o canalizando-os para os ouvidos.

Tem excelente visão noturna. Possui a capacidade de distinguir na escuridão a uma altura de 10 metros qualquer coisa que se movimente no solo. Possui a visão cem vezes melhor que a dos homens e necessita de apenas 10 por cento da luz que o olho humano usa para distinguir alguma coisa. Isso pode ser explicado por ela ter olhos enormes em relação ao seu tamanho, e a forma alongada (ao contrário do esférico sistema ótico humano) se alarga em direção à retina, abrindo espaço entre a pupila e o cristalino.[2]

 Hábitos

É uma ave naturalmente noturna[2] e frequêntemente apresenta alguma atividade crepuscular. Tyto Albas encontrados em atividade durante o dia estão geralmente famintos ou buscando alimento para sua ninhada, permanecem durante o dia em fendas em árvores, cavidades em rochedos, forros ou sótão de casas, torres de igreja, etc.---- Costumam banhar-se em poças d'água e pequenos córregos. Seu voo extremamente silencioso dá-se devido a sua adaptação a caças noturnas, sua aproximação não é identificada pela presa que é facilmente capturada. São encontradas solitárias ou aos pares, geralmente são sedentárias, não saindo de uma região depois de instaladas. A área de seus territórios compreendem um raio de 7,4 Km em média.

 

                                                        (continuação do post num outro post)

publicado por gatinhafofa às 08:09
link do post | comentar | favorito
|
22 comentários:
De FatimaSoares a 13 de Outubro de 2010 às 11:01
Olá minha querida Sandrinha. Cá estou a visitar o teu novo bloguinho. Gostei imenso de ficar a saber mais da coruja-das-torres e o filme deve ser do género que gosto. Amiga desejo-te muito sucesso para este teu novo blog e queria pedir-te um grande favor agora que me lembrei. Podias fazer a gentileza de divulgar por quem queiras o meu blog de Natal está tão tristinho com poucas visitas e poucas compras do livro para ajudar os mais pobres o endereço é
http://umsonhodenatal.blogs.sapo.pt
Muito obrigado por tudo e por seres tão querida. Bjs


De gatinhafofa a 13 de Outubro de 2010 às 11:28
Desde já te agradeço que tenhas feito o primeiro comentario neste meu novo cantinho e devido a isso vai haver um premio-plaquinha para ti que eu depois publicarei neste mesmo blogue,depois te aviso quando estiver pronta e publicada. Quanto àquilo que me dizes para divulgar é claro que sim, com certeza que eu divulgarei o teu blogue num próximo post que fizer num dos meus blogues. Beijinhos amiga e tem uma excelente quarta-feira!! E já agora divulga tambem este meu novo espaço,eheheheh..... kiss


De gatinhafofa a 13 de Outubro de 2010 às 15:21
minha querida Fatima já tens aqui a tua plaquinha publicada. Beijinhos e continuação de boa tarde!! Espero que gostes do meu cachorrinho,eheheh....


De Tixa a 17 de Outubro de 2010 às 01:27
Olá
obrigada pelo comentario :)

eu gosto tanto de estar na minha terrinha e ouvir as corujas cantar à noite, sei que nao sao destas mas são corujas na mesma :D

beijocas


De maria mendonça a 17 de Outubro de 2010 às 16:46
Olá
Infelizmente nunca vi nenhuma coruja, quando muito cá pela Quinta mora o cuco...
Pena porque parecem ser aves muito bonitas..
beijos


De gatinhafofa a 17 de Outubro de 2010 às 16:59
Sim é verdade Maria. De facto estas de que falo são muito bonitas. Mil beijinhos, tem uma boa tarde!!


De DiDi a 7 de Novembro de 2010 às 12:00
ainda nao vi esse filme !! =)


De gatinhafofa a 7 de Novembro de 2010 às 17:31
devias de ver.... é um filme lindissimo!!


De DiDi a 7 de Novembro de 2010 às 12:00
mas como o estas a recomendar eu vou tentar arranja.lo !! :D


De gatinhafofa a 7 de Novembro de 2010 às 17:31
fazes bem


De DiDi a 7 de Novembro de 2010 às 12:00
para depois velo !!!


De gatinhafofa a 7 de Novembro de 2010 às 17:32
muito bem!!


De DiDi a 7 de Novembro de 2010 às 12:01
a coruja é mesmo linda !!!


De gatinhafofa a 7 de Novembro de 2010 às 17:32
eu tambem adorei a imagem!!


De DiDi a 7 de Novembro de 2010 às 12:01
Sinceramente eu nem conhecia que este animal existia !!


De gatinhafofa a 7 de Novembro de 2010 às 17:33
agora ficaste a conhecer.... beijinhos!!


De DiDi a 7 de Novembro de 2010 às 12:02
Mas é mesmo para isso que o blog serve !! =)
para dar novos conhecimentos !!


De gatinhafofa a 7 de Novembro de 2010 às 17:34
exactamente... :-))


De DiDi a 7 de Novembro de 2010 às 12:02
As penas dela, na parte da frente, sao lindas !!!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Cachorrinhos

. Peixe espada preto

. classificação dos gatos

. Ratos curiosos

. Cuidados a ter com os esq...

. Urso polar e desculpem!

. Dar banho ao seu cão

. Imagens de focas

. As focas

. coruja-das-torres (2)

.arquivos

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

.tags

. todas as tags

.Visitas

contador gratuito
blogs SAPO

.subscrever feeds